quinta-feira, 12 de outubro de 2017

contentamento

há dias como hoje que nem percebo
estou assim a modos que contente
assim como quando se recebe um presente
nem isso
assim como quando nos apaixonamos
quando sabemos que, de aqui a pouco, vamos ver o motivo do nosso apreço
um contentamento e um sossego de lago depois das neves
será deste interregno do Outono
será deste tempo primaveril a saber a estio
será de mim mesma e eu desconheço
nada que se tenha passado e eu nisto

afinal descubro

é tudo do Chopin que toca lá dentro
do cão que dorme pachorrento
e do cheirinho gostoso a marmelos assados

1 comentário:

wind disse...

E mesmo! :)
Beijos

adoro estes espectáculos - este é no mercado de Valência

desafio dos escritores

desafio dos escritores
meu honroso quarto lugar

ABRIL DE 2008

ABRIL DE 2008
meu Abril vai ficando velhinho precisa de carinho o meu Abril

Abril de 2009

Abril de 2009
ai meu Abril, meu Abril...

dizia ele

"Só há duas coisas infinitas: o Universo e a estupidez humana. Mas quanto à primeira não tenho a certeza."
Einstein