quarta-feira, 16 de março de 2011

ir às putas

anda por ali um debate aceso: se sim ou não deve ser legalizada a mais velha profissão do mundo
e eu que cuidava que o mundo caminhava para que nunca mais houvesse:
 -Zézinho, apronte-se que hoje é seu dia...
que nunca mais ninguém convidasse outrem:
- Carago, homem,  deixemos as senhoras conversando que a gente vai  às putas.
e iam
em grupo
eu desejava muito que já não fosse esse o modo
ao menos que estivessemos caminhando para outro
ou será que a posição do "já que existe..." é o caminho
e  deixemos que os zézinhos e seus pais vão divertir-se
a rir-se, alarves


8 comentários:

choco disse...

ahahaha
genial
bj
ana
(n conhecia este espaço, gostei)

francisco disse...

Sim. Legalize-se. Tudo é válido quando se trata de evitar que o mundo venha a ser comandado por paneleiros.

Anónimo disse...

É melhor legalizar, porque acabar com essa profissão, não é possivel.
E ao menos assim as pessoas que a praticam podem viver a sua vida sem mais essa preocupação. Há é que haver suporte/controlo medicinal/legislativo para que haja regras defenidas, e as mulheres não sejam exploradas por xulos.

deodato santos disse...

tens que por isto no blog lagospt.
se continua a haver mulheres que vêem mais vantagem em ser exploradas por chulos do que por empresas do mundo legal, o que pensar do mundo legal, sendo o ilegal o que é.

Vieira Calado disse...

Quando a postagem já foi comentada pelos doutos Xico e Deodato...
não acrescento nada.

Quanto ao Brasil, não vou!
Está decidido.
De barco... nem pensar, por causa dos maremotos...
De avião, ainda menos.
Capaz do Gadafi mandar pôr lá uma bomba!
Para já não falar no Bin Laden...
Só de submarino...

Mas parece que os que compraram,
já vieram avariados...

francisco disse...

Vieira, atão?! Já reservei uma Asa Delta com rota desenhada para São Paulo.

© Piedade Araújo Sol disse...

hum...será que se divertem...

bom fim de semana!

beij

wind disse...

Legalize-se, para proteção das prostitutas.
Beijos

adoro estes espectáculos - este é no mercado de Valência

desafio dos escritores

desafio dos escritores
meu honroso quarto lugar

ABRIL DE 2008

ABRIL DE 2008
meu Abril vai ficando velhinho precisa de carinho o meu Abril

Abril de 2009

Abril de 2009
ai meu Abril, meu Abril...

dizia ele

"Só há duas coisas infinitas: o Universo e a estupidez humana. Mas quanto à primeira não tenho a certeza."
Einstein