segunda-feira, 9 de junho de 2008

a personagem

(Passeei o cão
Uma volta enorme
Coisa desmesurada dada a hora, cinco da tarde
Um sol abrasando em mês de Maio
Tanto passeio e Margarida sentada
Margarida como a compus naquele parecer uma boneca de palha
Nem se mexeu milímetro da posição em que a deixei
Não se desenvolveu em personagem ao longo do passeio
Mal cheguei a casa, amarrotei-a
Pronto! Margarida não é a heroína da minha história)

mas sem a Margarida feita personagem, eu fiquei sem história e vocês que aqui vêm, vão admirar-se de ver este branco de nada, e dirão:
hoje não tem post
o que é em parte verdade e na outra parte é falso
mas este trocadilho eu não explico que se o fizesse estava em contradição com o que acima disse:
sem Margarida feita personagem, eu fiquei sem história
e este blog fica sem post

9 comentários:

Mena G disse...

A Margarida esqueceu-se que os empalhados vivem no dia "1º de Maio":
transformam-se em "Maias" e são Primaveris. Diz-se...

Devias tê-la deixado tomar um "bronze" local , de maresia; um cheirinho a mar inspira sempre uma potencial heroína... E, se lhe rosnarem, até que pode virar fera....
:)

Arion disse...

O que tu queres é baralhar as pessoas ;)

wind disse...

Gargalhadas Escritora, és genial!:)
E fizeste um post de trocadilhos:)
Beijos

efe disse...

as margaridas só servem para se lhes arrancar as pétalas, uma a uma, lentamente.

Gi disse...

hoje tenho andado a dar a volta aos blogues dos amigos, vejo para meu espanto que ainda há quem seja mais ausente que eu . Tu, por exemplo :)

A tua Margarida quis poupar-te, dar descanso a ti e às resmas de personagens que vais criando e nos vais presenteando

uma história feita de pequenos nadas, Não dizes tu que eles são tudo? :)

Um beijo para ti, já tinha saudades

Gi disse...

ai que tens tanto para ler que tenho que voltar mais logo .

outro beijo

Anónimo disse...

Não conhecia esta tua faceta. Escritora,poetisa, sonhadora...
Esta tua Margarida não é só a de Maio é a de sempre e que eu há muito não tenho notícias.
Parabéns e vou continuar e seguir-te.

legivel disse...

Pelo andar da carruagem
(haja quem teime e aposte)
Margarida é personagem
não deste, mas doutro post.

Foi aquele que escreveste
faz amanhã sexta-feira.
Tu até logo disseste
escrevo-o à minha maneira.


abraços e sorrisos.

Humor Negro disse...

Isto sem post é mais barato.

adoro estes espectáculos - este é no mercado de Valência

desafio dos escritores

desafio dos escritores
meu honroso quarto lugar

ABRIL DE 2008

ABRIL DE 2008
meu Abril vai ficando velhinho precisa de carinho o meu Abril

Abril de 2009

Abril de 2009
ai meu Abril, meu Abril...

dizia ele

"Só há duas coisas infinitas: o Universo e a estupidez humana. Mas quanto à primeira não tenho a certeza."
Einstein