quarta-feira, 15 de junho de 2005

tu

Um risco no céu
Um luminoso risco alaranjado
Tu voando para muito além
Tu indo para qualquer lado

Um risco muito longo
Um risco muito andado
Tu sorrindo um sorriso rasgado
Tu aprimorado cavalgando potro

O céu rugia azul, anil, alaranjado
Tu pintando tintas no rosto amado
Tu tecendo rimas
Tu voando ventos
Tu chovendo chuvas
Tu...
um risco cortando o céu
num fim de tarde.

14 comentários:

Amaral disse...

Tu, um risco no céu? Voando ventos, chovendo chuvas… Num fim de tarde, tudo é possível…

bertus disse...

Num fim de tarde pintei
um risco cortando os ares;
e o rosto amado beijei
antes dos lábios pintares.*

* Nada de falsas interpretações (vulgo bocas) que "isto" é apenas "a arte pela arte". Na poética da rima, chama-se a isto "quadras ao desafio" ou "pego-te na palavra que a minha criatividade anda muito em baixo"...
"Ninguém me empurrou". Sei o que pretendes, mas só me tiram do sério quando eu quero!!

Abraço amigo!

lique disse...

Um tu muito desprendido, muito "voador", muito sonhador. Mas é bonito alguém ser comparado a um risco cortando o céu num fim de tarde.
Beijão

bertus disse...

..."tão voador, tão voador" que voltei outra vez ao aeroporto para sonhar d´alto...

O Micróbio disse...

Um cometa? Um avião? O Super-Homem? :-)

bertus disse...

Cuidado com os OVNIS! Que eles andam aí.

O Director da Fábrica de Sobressalentes da Aéronautica Civil.

sotavento disse...

Uma pessoa fala, inocentemente, de riscos e respondem-lhe logo com rabiscos! 'Tá mal!... ;)

OrCa disse...

tu-tu-tu faz o comboio
e tu-tu é de menino
só tu aprontaste meio
de fazer um tu ladino
que nem é um super-homem
nem algum ser mais malino
não é um astro também
que contra a Terra já arde
é apenas esse alguém
que ao cair doce da tarde
cruza o céu do teu destino

Um beijão, amiga!

wind disse...

Belo, como sempre:) Beijos

Anónimo disse...

Para que conste, todos os dias aqui passo e te leio, mesmo que não comente. Como se consegue comentar, Fat... algo que é "perfeito"? Só me acontece por aqui e pelo blog do Alexandre. Vocês são bons demais, areia demais pra mina caminete! Grande beijo e bom fds! Fernanda

AS disse...

Tu, que sabes ser o sonho apenas um momento
Que sabes estar certa a hora da verdade
Cruza esses céus à mercê do vento
Parte deste chão rumo à liberdade!

Um beijo

gato_escaldado disse...

risco muito longo/risco muito andado. retenho estes versos. que apatecem trauterar no canção por inventar. beijos

Alexandre Sousa disse...

Ai este tempo, ou falta dele. Bom fim de semana e um bj.

bertus disse...

...olha: que tenhas um bom fim de semana!!

adoro estes espectáculos - este é no mercado de Valência

desafio dos escritores

desafio dos escritores
meu honroso quarto lugar

ABRIL DE 2008

ABRIL DE 2008
meu Abril vai ficando velhinho precisa de carinho o meu Abril

Abril de 2009

Abril de 2009
ai meu Abril, meu Abril...

dizia ele

"Só há duas coisas infinitas: o Universo e a estupidez humana. Mas quanto à primeira não tenho a certeza."
Einstein