sábado, 12 de março de 2005

menino...homem



Sou pela primeira vez mãe de um homem de trinta anos!
E estou tão baralhada de sentires
choro e rio igualinho...


tal qual fiz... quando te pari de mim
foi a primeira vez que eu pari
quando nasceste tu de mim
Nasceste-me de um maravilhoso parto lindo
Era Primavera na Natureza
Primavera no nosso País
Foi Primavera na minha Vida

Estou baralhada nos sentires e choro e rio

Desejo que te leves pela mão sempre ao meu menino
Que não percas de ti o teu eu menino
Que ele te faça companhia
Que se saibam um ao outro dar carinho
Protege o teu menino tu de vendavais
Enfrenta com ele a vida
Sorrindo... brincando...chorando... rindo
Leva sempre contigo pela mão o teu eu menino

Ai tou tão baralhada que nem sei...

homem...menino...

(que é isto que sinto morno aqui na mão ?!
Uma lágrima atrevida que se descaiu
a deixar soltar-se o coração!)

16 comentários:

wind disse...

:)))) Está lindo. Parabéns "mãe" e ao teu filho também por ter uma mãe assim:) beijos

sotavento disse...

PARABÉNS ao borracho!...
E tu deixa de chorar que andas a "postar" a dobrar!... :)

sonia disse...

muitos parabéns ao teu filhote, que para além de fazer anos no mesmo dia, faz exactamente os mesmos que eu. Só pode ser bom rapaz.
beijinhos grandes

josé gomes disse...

Será dp blog ou já vejo a dobrar?!!! Confesso que só bebi água...
Lindo!!!
Atenção à lágrima que encrava o blog...
Bom fim de semana e parabéns ao menino e a mamã do menino.

lique disse...

Olha... não me faças chorar e parabéns a ti e ao teu menino! Confesso que essa de ser mãe de alguém com 30 anos ainda não experimentei. Mas estou quase lá! :) Beijão para ti e beijinho para ele.

Antes que tu também refiles, deixo-te um endereço "alternativo" em que também me podes encontrar:
http:eu-de-novo.blogspot.com

Amaral disse...

Outro blog, para além dos "olhares felinos"?
Não vou ter tempo para tudo isto, mas vou dar um jeito!

isa xana disse...

ja tinha vindo ao teu blog antes, mas creio q nao te tinha dito nada. desta vez quis dizer. talvez porque acho a tua escrita tão boa que queria que soubesses:)

*

titas disse...

30-beijos-30 para a menina, mulher, mãe mai'linda, talentosa e divertida do mundo!

Um beijo de parabéns para o filhote

//(º_º)\\ mais um beijo da Titas

titas disse...

Seilinha, depois dos festejos vai dar uma espreitadela aos comentos do
http://www.vamoslixartudo.blogspot.com/
temos que espevitá-lo. A tua ajuda é imprescindível.
//(º_º)\\ um beijo da Titas

eduardo disse...

Ao contrário da Mãe, o Pai "vê-o" de maneira diferente aos 30 anos.
Sente um orgulho esquisito no seu(sua) filho(a) adulto(a) e também ele(a) com família já formada, que não consegue explicar.
Mas para as mães, como tu dizes, continuam a ser as primaveras o dia mais bonito dos seus meninos. Digo assim, porque sinto isso há 30 anos, também.
Teríamos casado aos quinze?

Parabéns, Seila. Para ti e para o teu menino-homem.

Um beijinho.

PreDatado disse...

Que bonito texto. Ainda não sou pai há 30 anos, mas para lá caminho.

peciscas disse...

Bonito texto.
Amanhã, faz um ano que a minha mãe partiu. E ela pensava muito do que tu escreveste.

Aran disse...

:) Ele será sempre o "teu menino", heheh! Gostei muito, Beijinhos

Mitsou disse...

Parabéns atrasados mas sinceros. Ao menino e à mãe do menino. Vais ver, terá ele uns 50 e ainda será o teu menino (levas a camisola?, cuidado com o sol, etc, etc). Beijocas, linda, e resto de domingo feliz :)

Cecília disse...

beijinho à mãe em primeiro lugar, é que isto de se ser mãe pela primeira vez é o sentimento mais profundo que uma mulher pode ter... depois um bejito ao filhote com tudo do melhor.

Dora disse...

Já passou o aniversário mas quero dizer da comoção que senti com esta "carta", tão primaveril, ao menino que de ti nasceu, há 30 anos. A ternura patente encerra cumplicidades infinitas. Parabéns a ambos.

adoro estes espectáculos - este é no mercado de Valência

desafio dos escritores

desafio dos escritores
meu honroso quarto lugar

ABRIL DE 2008

ABRIL DE 2008
meu Abril vai ficando velhinho precisa de carinho o meu Abril

Abril de 2009

Abril de 2009
ai meu Abril, meu Abril...

dizia ele

"Só há duas coisas infinitas: o Universo e a estupidez humana. Mas quanto à primeira não tenho a certeza."
Einstein