terça-feira, 28 de setembro de 2004

Tenho andado a sonhar...

...a sonhar a sonhar não é bem...têm sido assim uma espécie de pesadelos, nem sequer é bem isso... é como se estivesse acordada, mas numa realidade de outra dimensão em que passado e presente se misturam e onde reina uma grande bagunça e confusão! Eu nem percebo bem e tento contar mas as imagens soltam-se em pedacinhos...podia ser assim: as figuras e as frases apareciam e desapareciam tipo flasshes... esquisito...nunca me tinha acontecido ...nem em sonhos...

eram coisas que apareciam e desapareciam dos computadores lá pela madrugada

é pá a lista estava lá e agora já não está?!

era uma entidade estranha ...lista feita à mão... que me aparecia assim...

mais ou menos isto...uma confusão!!!

e eram imagens estranhas

com vozes ainda mais esquisitas

Aqui tem as listinhas!
se me tivessem dito há mais tempo...
escusava ter armado esta confusão ...
eu trabalho bem é à mão


...acordei?! ou ainda estou sonhando?!


19 comentários:

Anónimo disse...

Há uns tempos q n apareces nos meus blogs. Ocupadita?
http://sunshine.blogs.sapo.pt/
http://pequenitos.blogs.sapo.pt/

ognid disse...

Espera mais 2 ou 3 dias e logo veremos se isso são alucinações ;) beijinhos amiga.

antonio disse...

Terás oportunidade de nas próximas horas tirares realmente a limpo a dúvida entre o real e o imaginário.

Um abração do
Zecatelhado

bertus disse...

Bom...isso não foi um sonho, mas sim um pesadelo!! e dos bem pesados! Mas há aqui algumas contradições e (ou) dúvidas que me assaltam:
A imagem de uma folha com assinaturas parece-me mais uma página de autógrafos de artistas de cinema ou de jogadores de futebol...Não te estava a ver ´desalmadamente atrás de figuras ditas públicas a pedir batatinhas...Por outro lado a figura sentada ao computador tem uma mensagem implicita: é de quem está pelos cabelos pra fazer um post e não sái nada...O envolvente também não se consegue situar muito claramente. Dizes que tão depressa a s "coisas" aparecem como desaparecem...isso é muito estranho e é aquilo a que eu chamo um sonho repartido; ou seja: o teu desejo de partilha com os teus comentadores é enorme "ofereces" um bocado do pesadelo a cada um de nós. O que só revela que és uma boa pessoa: não é todos os dias que se oferecem pesadelos ao pessoal...
Bom tenho de terminar este comment que já vai longo e vou saber as ùltimas bocas da ministra da educação, que aqui pra nós que ninguém nos ouve, é uma bacana à maneira: faz listas pra casamentos politicos à mão!
Fica bem, beijinhos e intés!!

martelo disse...

descobriram o virus mau
tem o nome de Trojan-miau


miau...............

Anónimo disse...

Gargalhadas, eu chamar-lhe-ia antes pesadelo, tens de descobrir:) lol beijos* wind

Anónimo disse...

Eu não te queria dizer isto mas... cá vai:
nem sonho, nem pesadelo, nem passado, nem outra dimensão... É HOJE, É AQUI, É A NOSSA REALIDADE!...
Lamento...:(
M...

lique disse...

Pronto, acalma-te lá, as listas já sairam e afinal o trabalho não foi à mão...foi mesmo um consultor qualquer que em poucos dias resolveu (?) o que outros não resolveram em meses. Deviam divulgar o nome do consultor porque santos milagreiros, não há todos os dias...:) Beijinhos

fernanda dias disse...

JÁ SAIRAM!!!! Beijo

Seila disse...

Caríssima M... eu acho que este post tá uma bela m...!!! ali o Bertus, num jeitinho todo especial (não como tu rsss) desanca-o bem! Bjs :)

Seila disse...

Fernanda ONDE ANDAS?!!!!!!que nã te encontro?!

Toze disse...

Foi um sonho...já tudo voltou ao Normal ! ( até que enfim )

Finurias

Tim Bora disse...

Eu acho que estavas a sonhar com um país do terceiro mundo em que a desorganização atingiu níveis capazes de deixar envergonhado Caos, o deus da confusão. Acho que sonhaste com um país que é capaz de organizar (com sucesso, pelos vistos) um campeonato da Europa de futebol, mas não consegue colocar cinquenta mil professores. Sonhaste com um país em que os governantes transferem responsabilidades para empresas privadas a que eles próprios adujidicaram serviços e que depois se revelam ineficientes e que eles próprios administram. Sonhaste com um país onde tudo acaba por ser resolvido á boa maneira do desenrasca em vez de ser feito como devia. Pois que seja, então; à mão, mas bem feito. Acorda amiga.

Tim Bora disse...

Eu acho que estavas a sonhar com um país do terceiro mundo em que a desorganização atingiu níveis capazes de deixar envergonhado Caos, o deus da confusão. Acho que sonhaste com um país que é capaz de organizar (com sucesso, pelos vistos) um campeonato da Europa de futebol, mas não consegue colocar cinquenta mil professores. Sonhaste com um país em que os governantes transferem responsabilidades para empresas privadas a que eles próprios adujidicaram serviços e que depois se revelam ineficientes e que eles próprios administram. Sonhaste com um país onde tudo acaba por ser resolvido á boa maneira do desenrasca em vez de ser feito como devia. Pois que seja, então; à mão, mas bem feito. Acorda amiga.

folhasdemim disse...

Foi um pesadelo real :) Betty

Anónimo disse...

Mas é que o Bertus ouve Tony Carreira e eu não!... Deve ser por isso...
M...

rajodoas disse...

Mau, já não percebo nada. Mas afinal as listas sairam ou não.

inconformada disse...

Sabes que mais ?
Deixa de ver os noticiários antes de adormecer :-)
Beijo
(até fiquei cansada...)

almaro disse...

Tenho andado a sonhar…
… com um mundo de acordares onde tudo é descoberta. Onde cada um desenha a sua própria ideia. Sem papagaios. Que cada um não repita o que ouve, o que vê. Mas que crie. Um mundo onde ninguém deixe que os jornais, as televisões, os fazedores de opiniões, nos retire o gosto de olharmos tudo, com o nosso ver. Um mundo sem espelhos, onde cada um não precise de se rever. Que sinta uma única necessidade. SER!

adoro estes espectáculos - este é no mercado de Valência

desafio dos escritores

desafio dos escritores
meu honroso quarto lugar

ABRIL DE 2008

ABRIL DE 2008
meu Abril vai ficando velhinho precisa de carinho o meu Abril

Abril de 2009

Abril de 2009
ai meu Abril, meu Abril...

dizia ele

"Só há duas coisas infinitas: o Universo e a estupidez humana. Mas quanto à primeira não tenho a certeza."
Einstein