segunda-feira, 27 de setembro de 2004

Repensando mesmo!

COMPAIXÃO ... é o que sinto!
Foi o meu pai nos seus sábios 86 anos... vendo-me perdida no meu mas... eu choro por todos eles! ninguém compreende isto?! eu não tenho pena, nem ódio, nem raiva deles! o que sinto...
na sua atenção que nem sempre percebemos tão atenta, murmurou “Compaixão, filha! o que eles merecem é compaixão” e eu serenei.

Mas outras crianças noutras andanças me fizeram reflectir este fim de semana. A leitura do artigo O CÉREBRO INFANTIL ESTÁ A MUDAR? relacionei-o com o tema sobre a escrita que foi levantado e podem ler num post com o título ALI ÀS VOLTAS e nos respectivos comentários.
Foi um fim de semana de reflexão inacabada, mas serenada.

Muita coisa anda, sim, a mudar e nesta conturbação eu sinto que é aos sinais que devemos estar atentos, buscar neles, buscá-los.
E sobretudo Amar (Incondicionalmente) como apela o Quim um amigo de longa data nestas andanças dos blogs.

(A quem acompanhou parte deste meu ir estando pela noite dentro, peço mais uma vez perdão e deixo o meu obrigada.)

21 comentários:

folhasdemim disse...

Gostei do teu novo cantinho. Beijos :)

Anónimo disse...

Sinais a que estamos atentos (valerá de alguma coisa, fora a consciência, a nossa atenção?). (indolentia)

bertus disse...

Deixas-me numa encruzilhada dos diabos! É que eu anda sempre a tentar descortinar nos mais reconditos cantos da escrita, uma ponta que possa transformar em sorriso, ou gargalhada (que não sou pessoa de meias medidas) sem tenatar afrontar mas dar a volta pela positiva com um sorriso nos lábios. As "tuas coisas" são de dificil abordagem por esse ãngulo mas eu naõ descanso...fica descansada e atenta ás próximas abordagens. Deste modo vou-me revelando -sem qualquer embaraço-, para saberes mais tarde com o que contas. mais claridade que esta (neste glorioso dia de sol de outono!9 é dificil.
Tem uma boa semana , beijinho e intés!!

Anónimo disse...

Os sinais existem, por vezes nós é que não os vemos. Temos de estar mais atentos. Bela escrita a tua com muita humanidade:) wind

LetrasAoAcaso disse...

Respondi ao desafio da inconformada, tal como tu.
Vim descobrir-te e deparo-me com um apelo ao amor que subscrevo na íntegra. Acredito que seja a única forma de mudar o mundo.
Beijo

lique disse...

Gosto deste teu apelo ao amor e à compaixão, mulher! E vejo que não te poupas a reflectir sobre todos estes problemas da mossa infeliz actualidade. Por tudo isso, és alguém cuja amizade muito prezo. E tu sabes! Beijinhos

antonio disse...

Lindo! Belíssimo apelo ao que realmente vale a pena no mundo: O AMOR entre os homens. Quando tudo o mais se vai perdendo...


Um abração do
Zecatelhado

rajodoas disse...

Os sinais do tempo que hoje vivemos são sempre melhor interpretados por quem a experiência da vida ensinou melhor entender a sua evolução, razão porque estamos sempre a aprender com a nossa ascendência. Um abraço do Raúl

Anónimo disse...

acho que recebi plenamente "os sinais de ti" (finalmente) neste post! obrigado ...

DonBadalo

lobices disse...

...tu pensas que eu não ando por aqui mas ando... clico em quase todos eles e vou lendo mas o tempo não dá para responder a todos... então, uns levam umas palavras, outros apenas a minha passagem... não procuro chá nem bolinhos mas às vezes até saberia bem um canto onde se pudesse saborear o calor dum lanche ameno com palavras pelo meio... ficamos então pelo enleio da escrita e da leitura... fora isso, apenas um único caminho, e amar o é... beijinhos

fernanda dias disse...

Compaixão.... onde andará ela neste mundinho de Deus onde o diabo é cada vez mais, rei! Beijo grande

Orelhas Quentes disse...

Olá! Apesar de não costumar comentar, quando e sempre que posso venho aqui ler-te.

Agora, vou só alí ler o tal artigo, bem como o post, e já volto!

:)

Orelhas Quentes disse...

PS: Cuidado, por vezes a compaixão pode ser algo de pernicioso!

Anónimo disse...

Ó miúda, se ao menos atentasses um pouco mais!... :)
Eu sei que dizes o mesmo a todas/os... :) mas lembra-te lá a quem é que disseste, que fosse pelo mundo infinito dos blogs, à tua procura?!... :)
Agora é a tua vez de "me descobrir"...
(Gostei dos kisses e até vêm a propósito...)
Quanto à compaixão, o teu pai é sábio!... E a tua mãe tb, que eu sei... :)

Seila disse...

Ora esta! quem será este/a agora?!!! terei que fechar isto a anónimos?!!rsss Eu tenho um feeling...mas... Que raio de gente esta rsss

Seila disse...

não...na podes ser TU M...se és...envia mail PLEASE!!!!!!!!

whiteball disse...

...e saberás sempre que compaixão e amor ...nunca serão demais! Abraço, WB

BlueShell disse...

As palavras sábias de um sábio!...Bjs

martelo disse...

não foi o F Pessoa que disse que o melhor do mundo são as crianças?!
São e eu sei que são, embora na minha já não pegue ao colo, porque já é pesada...bicos de papagaio...
obrigado pela visita a este cubículo de martelada, mas aqui, mais do que cacetada irónica , há muito mais... a observação incisiva do que considero mau, injusto, expresso talvez de uma forma a que chamo agri-doce...
olhe vou linkar porque escolho o que quero, pelo menos nestas ondas e pode espreitar mais dois a SHINKAS e o OSSOBO
até logo...

Anónimo disse...

Ainda bem que descobriste!... :)
(M...)

Ana Russo disse...

A beleza dos 86, a inteligência, o estar acima de tudo e de todos... que idade linda... que sabedoria ! E deixa-te vaidosa, não é ? Grande Bj

adoro estes espectáculos - este é no mercado de Valência

desafio dos escritores

desafio dos escritores
meu honroso quarto lugar

ABRIL DE 2008

ABRIL DE 2008
meu Abril vai ficando velhinho precisa de carinho o meu Abril

Abril de 2009

Abril de 2009
ai meu Abril, meu Abril...

dizia ele

"Só há duas coisas infinitas: o Universo e a estupidez humana. Mas quanto à primeira não tenho a certeza."
Einstein