sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

100% de humidade


Aí onde te deixamos é escuro e há bichos

E hoje que chove tanto
Hoje que escorre água pelos caminhos
Se eu tivesse poderes
Se me tivessem ensinado os deuses
Se tu me tivesses dito
Mas também não sabias
Não dizem disso os livros
Se fosse como eu sinto e creio
Se fosse, sobretudo, como desejo
Deitava-me a teu lado com um cobertor quentinho
Levava uma lanterna e um livro

Tenho tantas saudades 
Tantas 
De não me ter deitado mais vezes contigo


1 comentário:

wind disse...

Ai as saudades...
Beijos

adoro estes espectáculos - este é no mercado de Valência

desafio dos escritores

desafio dos escritores
meu honroso quarto lugar

ABRIL DE 2008

ABRIL DE 2008
meu Abril vai ficando velhinho precisa de carinho o meu Abril

Abril de 2009

Abril de 2009
ai meu Abril, meu Abril...

dizia ele

"Só há duas coisas infinitas: o Universo e a estupidez humana. Mas quanto à primeira não tenho a certeza."
Einstein