domingo, 27 de novembro de 2016

porra!!

tem dias como hoje
a gente parece que nunca tinha percebido
e descobre
e cora para não dizer: "porra!"
que a total falta de tudo, assim ali, face to face
não é coisa com que se brinque
custa
e nem é de cretino
que estupidez nem é isso
do que falo é coisa mais inata
menos palpável
dois palmos de testa sem poiso
alguma coisa na cabeça sem ter onde se acoite
local de onde tenha criado raízes
um suporte que estruture
e ilude
parece ser o que nunca foi
e confunde
envolve-se de faz de conta
e passa por ser apenas parvoíce
um jocoso feito graça idiota
e muito medo
e quando a gente a sente,
quando é sobre ti que a coisa se abate,
é de ficar corando num balbuciar sem ter mais jeito
"afinal existe"
"afinal é possível encontrar seres deste calibre
bondosas criaturas sem substrato
ou com ele mal doseado"
tem dias, sim, como hoje

1 comentário:

wind disse...

Pois é porra, acontece!:)
Beijos

adoro estes espectáculos - este é no mercado de Valência

desafio dos escritores

desafio dos escritores
meu honroso quarto lugar

ABRIL DE 2008

ABRIL DE 2008
meu Abril vai ficando velhinho precisa de carinho o meu Abril

Abril de 2009

Abril de 2009
ai meu Abril, meu Abril...

dizia ele

"Só há duas coisas infinitas: o Universo e a estupidez humana. Mas quanto à primeira não tenho a certeza."
Einstein