sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

um de vários







Emborquei dois pedaços de mim sobre a mesa do almoço
E depois fugi disfarçada de sapo



disfarçada de sapo
disfarçada de sapo
disfarçada



foto de Maria de Fátima



5 comentários:

O Puma disse...

Há dias assim

vieira calado disse...

... e o sapo também parece querer fugir!


Saudações poéticas!

wind disse...

Há quem não goste de engolir sapos.
Beijos

Mena G disse...

gosto MUITO disto... Mas foi um castigo postar!!!

Mena G disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

adoro estes espectáculos - este é no mercado de Valência

desafio dos escritores

desafio dos escritores
meu honroso quarto lugar

ABRIL DE 2008

ABRIL DE 2008
meu Abril vai ficando velhinho precisa de carinho o meu Abril

Abril de 2009

Abril de 2009
ai meu Abril, meu Abril...

dizia ele

"Só há duas coisas infinitas: o Universo e a estupidez humana. Mas quanto à primeira não tenho a certeza."
Einstein