quarta-feira, 21 de março de 2007

Primavera





Depois do Inverno, morte figurada,
A primavera, uma assunção de flores.
A vida
Renascida
E celebrada
Num festival de pétalas e cores.


Miguel Torga

(foto da Seilá um destes dias)

13 comentários:

sotavento disse...

Se ele diz, é porque é!... Mas... será?!... :|

Afrodite disse...

Não será ainda certamente nesta primavera, mas no Verão... Gato Pardo?

Nós estaremos aí.



§(~_~)§ beijo da Afrodite
(uma carinha d'anjo - não desfazendo - num corpo espectacular, com tudo no sítio, muito dentro do prazo, sem aditivos nem silicones)

Gi disse...

A escolha perfeita para o dia em que se celebra o início da primevera e o dia da poesia. A imagem muito bem escolhida :)

Noite feliz e um beijinho

augustoM disse...

A vida é como a Primavera, há sempre um momento de renascimento.
Um abraço. Augusto

Maria Alfacinha disse...

Eu, por acaso, só acho que a Prima veio com o termostáto avariado...
Valha-nos o brilho do Sol :-)

Xi grande para ti

O Micróbio II disse...

4 anitos... lá pelo Micróbio! :-)

wind disse...

Escritora, bela foto para uma bela escolha:)
beijos

Isaac disse...

Belíssima imagem! Irretocável poesia! Tanta coisa, dita em tão singelos versos!

gato_escaldado disse...

Poesia despida de adornos. Simples e bela! Beijos

legivel disse...

... esta é uma das estações do ano que me vai mais ao feitio. A outra é o Verão. É o tempo da praia que não dispenso e muito menos agora que ando a fazer pesca submarina. Esta temporada, ao largo da Costa de Caparica já apanhei um polvo, dois quilos de besugos e uma tenda de campismo...

um óptimo fim-de-semana com sorrisos!

segurademim disse...

... um dia em cheio: primavera, poesia, árvore


já me sacodi e inaugurei os decotes

homoclinica disse...

Eu vi ao vivo como são viçosos estes rebentos de figueira. A primavera à beira-mar á um espectáculo. Praias emolduradas de malmequeres e outras frescas plantas verdes é algo que no tórrido calor do verão já não se vê. Lindo, suave, tranquilo! Uma imensidade de azul só para mim.

© JJCN 07 disse...

Mais uma poeta :)

Imagens, poesia,
prosa ou fantasia,
cor, alegria
sensibilidade
em demasia

Bjs.

adoro estes espectáculos - este é no mercado de Valência

desafio dos escritores

desafio dos escritores
meu honroso quarto lugar

ABRIL DE 2008

ABRIL DE 2008
meu Abril vai ficando velhinho precisa de carinho o meu Abril

Abril de 2009

Abril de 2009
ai meu Abril, meu Abril...

dizia ele

"Só há duas coisas infinitas: o Universo e a estupidez humana. Mas quanto à primeira não tenho a certeza."
Einstein