sábado, 6 de novembro de 2004

conflito


pensem pensem só
imaginem
ainda mais
sintam

pedradas de palavras
rebentam baralhadas
informes disformes
entrelaços
pedaços
palavras desfeitas em letras
desarrumadas
borradas de cores
palavras desfonadas
zunem revoadas
toneladas de escória
lava esfriada
zunem
doem
desarrumadas
palavras que não dizem
nunca disseram
palavras esfriadas
cansadas

palavras desfaladas



minhas as palavras um dia

hoje de novo
palavras desditas

as palavras dominam



7 comentários:

inconformada disse...

Palavras, sempre as palavras.
Gosto das tuas palavras mesmo desfaladas... :-)
Beijo grande

Tim Bora disse...

Pedradas de palavras, sim. O pior é que por vezes são calhoadas, nunca no teu caso, claro. Já passei no "olhares felinos" e realmente texto aqui e imagem lá complementam-se.

wind disse...

Belas palavras as tuas:) não conhecia "olhares felinos" e adorei as imagens:) beijos***

Cecília disse...

Oláaaa!
Então temos a dona seila no seu melhor!
Muito bem. Gostei.
Bjito

MJM disse...

Gostei imenso do teu mural!
Tens essa duplicidade, ainda por cima: escrever e desenhar. Mais completo, era impossível. Por isso, só te podia mesmo deixar um traço a giz, mas de coração.

As palavras 'intocáveis' são as que mais tocam. Essa é uma singular angústia e um simultâneo contentamento; coisas que existem apenas no entre 'ponte suspensa sobre a água corrente'. Quando sangra, é deixar sangrar!

pipetobacco disse...

{ ... deleito (-me) em prazer e delicias em aqui permanecer e ler © biquinha ... }{ beijos* }

Aq disse...

Vim cá, sim. Já tinha vindo. Queres que te diga? Sinto as minhas palavras pequeninas... ao pé das tuas.

Muito obrigado pela oferta. Foi mesmo a sério? Já o tenho arranjado, há uma semana. Falta-me é tempo. Tem-me faltado também a vontade para escrever.

Beijinho.

adoro estes espectáculos - este é no mercado de Valência

desafio dos escritores

desafio dos escritores
meu honroso quarto lugar

ABRIL DE 2008

ABRIL DE 2008
meu Abril vai ficando velhinho precisa de carinho o meu Abril

Abril de 2009

Abril de 2009
ai meu Abril, meu Abril...

dizia ele

"Só há duas coisas infinitas: o Universo e a estupidez humana. Mas quanto à primeira não tenho a certeza."
Einstein