quarta-feira, 21 de março de 2018

árvores



designo algumas pelo nome
a faia, a pereira, o carvalho, a nespereira
e essa maravilha da natureza que é o imbondeiro
florescem por Janeiro em rebates de beleza como a amendoeira
ou salpicam-se de folhinhas verdes, em ramos que semelhavam secos,como faz a figueira
remoçam-se, e eu invejo-as
e, a lembrar o poeta, imploro aos deuses
que a Primavera faça, em cada um da gente, o que faz às cerejeiras






"Quero fazer contigo o que a primavera faz com as cerejeiras" Pablo Neruda

2 comentários:

Poesia Portuguesa disse...

Adorei!
De volta depois de uma ausência de perto de 2 anos, mas não esquecendo o amor que me move à Poesia, visito aqueles que, corajosamente, ainda estão com as suas casa abertas.
Grata por isso

wind disse...

Adoro árvores e o desenho está lindo!
Beijos

adoro estes espectáculos - este é no mercado de Valência

desafio dos escritores

desafio dos escritores
meu honroso quarto lugar

ABRIL DE 2008

ABRIL DE 2008
meu Abril vai ficando velhinho precisa de carinho o meu Abril

Abril de 2009

Abril de 2009
ai meu Abril, meu Abril...

dizia ele

"Só há duas coisas infinitas: o Universo e a estupidez humana. Mas quanto à primeira não tenho a certeza."
Einstein