terça-feira, 26 de abril de 2011

nascido

mais do que haver luz de sol ou estar o céu nublado
mais do que andarem avezinhas a fazer ninho ou um sapo a coachar ali no lago
mais do que se fosse o dia inicial de tudo
ou fosse ele o dia derradeiro
apitassem combóios e navios
ou tivesse sido  de uma guerra o fim ou o início
final ou começo fosse do que fosse
amor ou ódio
ou pintura de quadro
ou carta que alguém escrevesse
fosse o que fosse que se imaginasse
risos ou dinheiros
ou simplesmente um cão roendo um osso
ou moedas chovidas dos céus
mais do que tudo
hoje
dia vinte e seis do quarto mês do ano de dois mil e onze
hoje
é o dia do teu primeiro vagido
glória aos arcanjos e deuses
e a ti menino que nasceste

6 comentários:

mfc disse...

Nasceu?!
É sempre bonito!
Parabéns.

mac disse...

Queres um babete???

Estou a brincar, irmã... Que a tua felicidade lhe ilumine os dias.

Benó disse...

E é rapaz ou rapariga?
Que a vida lhe sorria SEMPRE!!!
Parabens, Maria de Fátima.

wind disse...

Parabéns para ele:)
Beijos

expressodalinha disse...

Quem, como, onde?!...

Maria de Fátima disse...

quem: o meu neto Gabriel, do meu filhão mais velho
como: parto natural
onde: cidade de Tema no Gahna, África
podes ver http://www.facebook.com/profile.php?id=1020199131

adoro estes espectáculos - este é no mercado de Valência

desafio dos escritores

desafio dos escritores
meu honroso quarto lugar

ABRIL DE 2008

ABRIL DE 2008
meu Abril vai ficando velhinho precisa de carinho o meu Abril

Abril de 2009

Abril de 2009
ai meu Abril, meu Abril...

dizia ele

"Só há duas coisas infinitas: o Universo e a estupidez humana. Mas quanto à primeira não tenho a certeza."
Einstein