terça-feira, 17 de agosto de 2010

blogincana de agosto: perdi a hora


perdi a hora
e disso me choro
o que me havia de fazer este tempo de Agosto!
o banho na baía
o peixe na grelha
o ripanço da sesta
e lá se foi o dia quinze!
mas não desisto
inda mais a falar de cidades
eu faço tal qual me tivesse inscrito no
tá dito! 


O passatempo da Bloggincana de Agosto é dar-nos três cidades que o/a marcaram. Marcaram por qualquer razão. Podem ser estas ou outras. Não queremos um exercício turístico. Queremos saber da razão telúrica, profunda da sua preferência. As fotos são bem vindas. Tente jogar a foto com esse sentimento que o faz preferir essa cidade.
 
Uma  das cidades que me ficou no coração nem é uma cidade grande como Madrid, ou Londres, ou Estocolmo, Antuérpia, Nova York ou Barcelona.
E nem é Lagos nem Lisboa nem Coimbra ou Miranda do Douro ou o Porto, que essas estão fora desta ordem, essas são as minhas cidades e nem há que dizer mais nada...


A cidade de que falo é uma cidade perdida nos Pirinéus, no coração do Euskal Herria, País Basco, a quem não saiba.
Mauléon. Ali no Soule. 
Mauléon-Licharre!
Surpresos?
pois calha que nem sempre a gente tem no coração Tóquio ou Singapura!
Pequenina e acolhedora nas gentes e no rio e nos arredores.
E na produção de sapatilhas... e mais não digo.
Que saudade dos dias felizes!
Uma cidade onde o ar não peganhenta, mesmo se cai uma morrinha, e onde o rapaz do turismo lia Pessoa...




Sem que seja por ordem de valor, que estas seriam as minhas cidades tivesse eu corrido todo o mundo,  acredito que sim. Paris. A minha Paris de há tantos anos que fico tonta de pensar tão distante! Paris onde retorno e retorno. Mas a cidade que ficou gravada é a dos meus vinte anos onde tudo era novo e nem conto quanto, que muitos de vocês sabem, de experiência, o que era visitar Paris nos anos sessenta do nosso Portugal!

E mais uma vez, uma outra cidade que me está no coração é uma cidade pequenina. Esta perdida, não no meio da montanha, mas no Oceano, na Ilha Terceira. 
A cidade de Praia da Vitória!
Um encanto que não esqueço. A água e a praia de areia negra mal caiam uns bagos de chuva, e as lapas comidas na praia...

Hoje não tenho acesso ou colocaria fotos minhas, assim, ficam mostras retiradas da net, àparte a de Paris que está, como outras por aqui  


11 comentários:

Eduardo P.L disse...

Maria de Fátima,

você pode TUDO!!!!

Obrigado por estar participando ainda que atrasada!!!!
srsrs

Chica disse...

Ficou linda tua participação,mesmo perdendo a hora,rsrssr beijos,chica

wind disse...

Escritora, deste bem a volta e escolheste bonitas fotos:)
Beijos

Fernanda disse...

UUhhuuu!!!
Menina... que lugares são esses???
Coisa mais linda!!! Um mais lindo que o outro!!!
Adorei mesmo todos os lugares que tua emoção nos mostra!!`
Parabens!!
Fernanda

angela disse...

Que bom que teimastes e viestes assim mesmo.
Linda participação, adorei viajar junto por esses lugares e sei o que deve ter sido a sua Paris dos anos 60, deve ter sido parecida com a minha dos anos 70.
beijos

João Menéres disse...

Fiquei curioso com a preferência da cidade do País Basco!
Se puder, irei conhecer.
Obrigado pela preciosa dica!

Um beijo, MARIA DE FÁTIMA.

Quase Blog da Li disse...

Maria de Fátima, ainda bem que você esta aqui!!! Eu também me inscrevi com um certo atraso...
Vamos lá;
O País Vasco tem lugares lindos escondidos e há que ter sensibilidade para encontra-los.
Paris, espero ir para o ano, mas tua experiência nos anos 60 é premio, joia rara!
Já, ilhas... Nem pensar! Contento-me em saber por aqui.

Te conheci mais um pouquinho com tuas escolhas.
Você é uma caixinha de surpresas que eu adoro!
beijo

Sandra disse...

simplesmente bela a postagem.
Não conheço esta cidade. Mas são lindas.Conheceço apenas pela tv.Paris é Paris.. Nova York vou conhecer no final do ano. estou anciosa por este dia.
Lisboa ainda vai ter que esperar um bouquinho. Mas irei..

Espero que vc posso também vir compartilhar comigo. Meu endereço no blog é http://sandrarandrade7.blogspot.com/2010/08/coletiva-blog-gincana-cidade-que.html
ou pegar o link lá no bloggincana. A interação de Amigos terá o maior prazer em te receber. este é um momento de aprendizagem e conhecimento. aprendemos muito um com o outro.
Vou te esperar com muito carinho
Sandra

Sandra disse...

desculpe o pouquinho= bouquinho.

expressodalinha disse...

VEJO QUE O MEU COMENTÁRIO NÃO FICOU. A NET TEM DESTAS COISAS...
IMPOSSÍVEL REPRODUZIR, MAS SEMPRE DIREI QUE A PRIMEIRA NÃO CONHEÇO. O IMPORTANTE É QUE FOSTE LÁ FELIZ. PARIS ... CONHEÇO BEM DEMAIS. UMA ESCOLHA MUITO ACERTADA, ESTO PARA OS FRANCESES. PREFIRO ANGRA A PRAIA DA VITÓRIA, MAS SÃO OPÇÕES DE RAIZ FAMILIAR. BEIJOS.

Fanzine Episódio Cultural disse...

O Fanzine Episódio Cultural é uma jornal bimestral (Machado-MG/Brasil) sem fins lucrativos distribuído gratuitamente em várias instituições culturais, entre elas: Casa das Rosas (SP/SP), Inst. Moreira Salles (Poços de Caldas-MG) e Cia Bella de Artes (Poços de Caldas-MG). De acordo com o editor e poeta mineiro Carlos Roberto de Souza (Agamenon Troyan), “o objetivo é enfocar assuntos relacionados à cultura, e oferecer um espaço gratuito para que escritores, poetas, atores, dramaturgos, artistas plásticos, músicos, jornalistas... possam divulgar suas expressões artísticas”.

adoro estes espectáculos - este é no mercado de Valência

desafio dos escritores

desafio dos escritores
meu honroso quarto lugar

ABRIL DE 2008

ABRIL DE 2008
meu Abril vai ficando velhinho precisa de carinho o meu Abril

Abril de 2009

Abril de 2009
ai meu Abril, meu Abril...

dizia ele

"Só há duas coisas infinitas: o Universo e a estupidez humana. Mas quanto à primeira não tenho a certeza."
Einstein