terça-feira, 23 de maio de 2006

Dois anos!

...e não é para estar contente?!
e alargo esse contentamento a vocês

18 comentários:

wind disse...

ehehheh, é pois:)))) E ainda bem que estás escritora, parabéns e que continues por muitos mais:))))
Esses bonecos estão demais.lololol. Beijos

segurademim disse...

... claro que sim! PARABÉNS... tás muita gira na foto

beijo grande

Nilson Barcelli disse...

Vês...? Cheguei a tempo (just in time...).
És mais novinha do que eu, mas já és adulta, pois acho que a maioria desiste antes dos 2 anos.
Parabéns pelo aniversário.
Gostei imenso do teu conto abaixo. Tu contas sempre muito bem.
Se largasses a Química nem sei onde chegarias... mas adivinho que muito longe.
Beijos querida amiga.

sotavento disse...

MUITOS PARABÉNS ao bebé e à mãe!... :))))

legivel disse...

Ai mulher! parece que foi ontem quando nos encontrámos na entrega do Nobel em Moscavide. Lembro-me como se fosse amanhã; tu ias com aquele vestido negro com ramagens prateadas nas mangas e o colar de platina com diamantes encastrados a toda a volta. Eu vesti-me mais simples; calções, t-shirt com a legenda " I love this lion" e um lápis na orelha. O que nós nos rimos quando anunciaram o laureado e o nosso nome nem constava da lista de nomeados!!

...................................

Espero vir aqui dar-te os parabéns durante os próximos vinte anos.

Abraço do Alberto Legível.

lique disse...

Parabéns, parabéns, parabéns! Quero bolinho e champanhe francês, que ter aqui à mão de semear uma escritora do teu quilate, é coisa para celebrar. E olha que não há nem um pingo de ironia nas minhas palavras. A tua escrita devia ser para toda a gente ler. Ali, nas bancadas das livrarias.
Um beijão maior ainda, por ser hoje.

François Le Chateau disse...

hummm... isto deve ser coisa da química.

PARABÉNS pessôra!!!

;P

Mushu disse...

Ena Ena! Dois anos já? Cheguei a tempo? Ainda há bolo?
E figos já há? ;)
Beijos

MJM disse...

ó melher, que se me pôs um nó nos gasganetes de comoção, q'ando tão afrouxada das coisas do sério, arredia das leituras que m'atiçam os neurónios das lágrimas, que fujo daqui e de tantos que adoro... ai ai
bêjos na gargantilha de platina :-)))))
sabes como devoro a tua escrita, mas tb sabes como por vezes não abrimos certos livros que acarinhamos na estante... tem períodos que 'dói'

ognid disse...

Ó marafada humildemente te peço desculpa pelo meu atraso. Aqui ficam os meus parabéns pelos teus 2 anos neste mundo de loucos e principalmente pelos excelentes textos (cada vez melhores) que aqui nos vais deixando. Um beijo grande.

Menina_marota disse...

Eu sou sempre a última a chegar!Também não admira! Com a Vida tão atarefada que tenho, obrigo-me a levantar de madrugada (quase... eheh) para visitar aqueles de quem gosto! E tu és uma delas!! Com esta forma simples de pedir desculpa da ausência, deixo-te o meu grande Abraço de Parabéns e que continues por muitos anos a deliciar-nos com a riqueza das tuas palavras!

Abraço carinhoso ;)

Poesia Portuguesa disse...

Parabéns!! Que seja por muitos anos a oferecer-nos a riqueza das tuas palavras.

Abraço e bom fim de semana :)

Papo-seco disse...

Nunca é tarde para desejar

PARABÉNS

pois não?

:)

Anónimo disse...

Excellent, love it! » » »

Anónimo disse...

Wonderful and informative web site. I used information from that site its great. » » »

Anónimo disse...

Keep up the good work Thermador oven with warming tray

Anónimo disse...

Best regards from NY! air cleaner Volvo oil cooler adaptor Free ware slot machine free christmas card graphics buy fioricet renault master

Anónimo disse...

You have an outstanding good and well structured site. I enjoyed browsing through it » »

adoro estes espectáculos - este é no mercado de Valência

desafio dos escritores

desafio dos escritores
meu honroso quarto lugar

ABRIL DE 2008

ABRIL DE 2008
meu Abril vai ficando velhinho precisa de carinho o meu Abril

Abril de 2009

Abril de 2009
ai meu Abril, meu Abril...

dizia ele

"Só há duas coisas infinitas: o Universo e a estupidez humana. Mas quanto à primeira não tenho a certeza."
Einstein