terça-feira, 11 de outubro de 2005

Sonhos meus

Nos sonhos que sonho
Pernas, braços, chapéus.
Sapatos, escadas.
Gente, animais.
Eu...

Um gato, uma velha,
Uma data de gente,
Uma flor, uma janela.
Uma escada,
Um escorrega.
Uma lareira, um cão.
Uma parelha de bois,
Uma cama desfeita.
Uma montra exposta.
Um par enamorado.
Uma feira, tendeiros.
Um barulho no ar.
Uma rocha ardendo no mar.

Eu descalça.
Eu perdida.
Eu correndo,
Eu despida.

Um xaile nas costas.
Um quarto sem janela.
Uma porta de rua.
Um saguão.
Outro gato.
Umas luzes de rua, escadas.
Uma praia sem mar.
Uma rua inclinada.
Uns garotos.
Muita gente.
Uma estrada no ar.
Um comboio.
Muito escuro.
Uma onda parada.
Uma mesa.
Comida.

Eu vestida,
Eu sentada.
Eu chorando.
Eu com fome.

Mulheres rezando.

Eu correndo.
Eu de novo perdida.
Eu rindo desnuda,
Debaixo de chuva.

Os sonhos que sonho
Destroços do eu.

Pedaços de mim.


12 comentários:

ChrisWoznitza disse...

Hi I´m Chris. Greatings from Germany Bottrop !!

Maria do Céu Costa disse...

Os sonhos, pedaços de nós. Beijinhos.

manuel disse...

Torrencial! Com a musicalidade das grandes cascatas. Belo. Beijos

lique disse...

Os nossos sonhos "agarram" pedaços da nossa vida. Bocados de nós, de facto. E depois baralham tudo... O teu poema está fantástico. Beijão

Quem sabe... disse...

-Sim.....gostei....os sonhos...até mesmo qd...é bom sonhar, e depois concretizar....e outros so lembrar q os tivemos mas apenas foram desenvolvidos e transformados noutros....a vida assim se vai construindo....

Acho q baralhei aqui um pouco as palavras....mas eu ando meia baralhada mesmo...:)

Bjs salgados :)****

Menina_marota disse...

"...Os sonhos que sonho
Destroços do eu.
Pedaços de mim."

Os sonhos... quem não tem memórias deles? Eu acho que vivo disso!

Belíssimo o teu poema! E... real...

Um abraço e grata pela partilha ;)

Aran disse...

Magnifico e intenso!!! Gostei, Beijinhos

sonia disse...

sonhos preenchidos. gostei. então e tu riste-te da minha história tão trágica?
beijinhos

wind disse...

Espectacular poema! Visual e ritmado. Mas não deixes de sonhar:) beijos

Marcelha disse...

Obrigada, são lindas!
Senti vontade de posta-las para o papai, mas achei melhor não.
Postarei em breve!
Mais uma vez obrigada...
Posso me refugiar em seu outro canto?

Armando disse...

Inicialmente ate pensei que era a letra da musica " Aguas de Março" de "Tom Jobim", depois vi que era um poeminha interessante e como não menciona o autor deduzo que seja da tua autoria! Se assim é...parabéns está excelente!! Por falar em aguas de março e tom jobim...ora aí está uma ideia para o meu post de hoje!! Mas antes....deixa.me ir lá provar uma pinga do teu tinto....

MJM disse...

(Acabaste de encostar o Abrunhosa às tábuas) :-))

adoro estes espectáculos - este é no mercado de Valência

desafio dos escritores

desafio dos escritores
meu honroso quarto lugar

ABRIL DE 2008

ABRIL DE 2008
meu Abril vai ficando velhinho precisa de carinho o meu Abril

Abril de 2009

Abril de 2009
ai meu Abril, meu Abril...

dizia ele

"Só há duas coisas infinitas: o Universo e a estupidez humana. Mas quanto à primeira não tenho a certeza."
Einstein